quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

"A Imagem de Jesus Misericordioso."


O seu modelo foi mostrado em visão que a Irma Faustina teve no dia 22 de fevereiro de 1931 na cela do convento em Plock.
   " A noite, quando me encontrava na minha cela - escreve no diário - vi Nosso Senhor vestido de branco. Uma das mãos erguida para benção, e a outra tocava-lhe a túnica, sobre o peito. Da túnica entreaberta sobre o peito saiam dois grandes raios, um vermelho e outro pálido. (...) Logo depois, Jesus me disse: Pinta uma Imagem de acordo com o modelo que estas vendo, com a inscrição: Jesus eu confio em vos." ( D. 47 ) Quero que essa imagem (...) seja benzida solenemente no primeiro domingo depois da Pascoa, e esse domingo deve ser a Festa da Misericordia." (D.49).
       O conteúdo dessa imagem esta pois, estreitamente ligado a Liturgia desse domingo. A Igreja lê nesse dia o Evangelho segundo São João da aparição de Jesus Ressuscitado no Cenáculo e da Instituição do Sacramento da Reconciliação ( Jo 20,19-29). A imagem representa então Jesus Ressuscitado que traz aos homens a paz pela  remissão dos pecados, pelo preço de sua Paixão e Morte na Cruz. Os raios do Sangue e da Agua que brotam do coração( invisível na imagem), trespassado por uma lança, e as cicatrizes das chagas da crucifixão relembram os acontecimentos da Sexta-Feira Santa ( Jo 19,17-18;33-37).
       A Imagem de Jesus Misericordioso une, então, estes dois acontecimentos evangélicos que mais plenamente falam sobre sobre o amor de Deus para com o homem.
       Caracteristicas desta Imagem de Cristo são os dois raios. Nosso Senhor, inquirido sobre o seu significado, esclareceu: " o raio pálido significa a Agua que justifica as almas;  o raio vermelho significa o Sangue que e a vida das almas. (...) Feliz aquele que viver a sua sombra" (D.299).
       O Sacramento do Batismo e da Reconciliação purificam a alma e a Eucaristia alimenta-a mais abundantemente. Os dois raios significam os Sacramentos e todas a graças do Espirito Santo, cujo simbolo bíblico e a agua e  também a Nova Aliança de Deus com o homem feita no Sangue Cristo.
        A Imagem de Jesus Misericordioso e freqüentemente designada como Imagem da Misericordia Divina, o que e justo, pois e o mistério pascal de Cristo que mais claramente se revelou o amor de Deus para com o homem. Essa imagem não só apresenta a Misericordia  Divina, mas constitui também um sinal para relembrar o dever cristão da confiança em Deus e de um ativo amor para com o próximo. Na legenda, segundo a vontade de Cristo são colocadas as palavras: " Jesus, eu confio em vos." " Por meio desta imagem - disse também Nosso Senhor - concederei muitas graças as almas. Ela deve lembrar as exigências da minha Misericordia, porque mesmo a fé mais forte de nada serve sem as obras." (D.742). 
        A um culto da Imagem de tal modo compreendido, e que consiste na atitude crista de confiança e misericordia, Nosso Senhor ligou promessas especiais: de salvação eterna, de grandes progressos no caminho da perfeição crista,da graça de uma morte feliz e ainda de outros dons que os homens Lhe suplicam. " Por meio dessa Imagem concederei muitas graças as almas; que toda alma tenha, por isso, acesso a ela." (D.570).